Mais rápida, alto desempenho e motor de cobre são os diferenciais lançados pela Nice

Sempre preocupada em oferecer produtos com design inovador e de alta resistência, a Nice traz ao mercado o novo automatizador Ultra HSC para portões basculantes. Desenvolvido pela equipe de P&D e lançado na 21ª Exposec em São Paulo, o novo produto da multinacional tem como diferencial o motor com fio de cobre, conferindo mais resistência ao produto e 30% a mais de rendimento, atingindo 85 ciclos/hora, ideal para fluxos de veículos em acessos de condomínios, e um tempo de abertura de apenas 4 segundos*.

A nova Ultra HSC faz parte da família de produtos Nice Hi-Speed & Cycle indicada para aplicações de alta intensidade de uso como por exemplo condomínios.

A Central Eletrônica embarcada é a CP4010F, uma nova geração de centrais da Nice, com a função condomínio que traz recursos como freio eletrônico, fechamento por fotocélula, parada suave no meio do percurso, abertura parcial, configuração de boteira somente abre e somente fecha. A Ultra HSC possui também a tecnologia i-Track, desenvolvida com exclusividade pela Nice Brasil, com ela além de uma programação mais simples graças ao aprendizado automático do percurso, a central monitora e corrige automaticamente eventuais variações do percurso ocasionadas pelo desgaste natural do portão e variação de temperatura, proporcionando baixíssima manutenção.

Outra grande novidade patenteada pela empresa é a linha de acionadores Agile, que permite a abertura total do portão em 90° e permite a instalação em locais com teto baixo já que o acionador não ultrapassa a altura do portão. O produto está disponível nas versões com acionador Agile-S para portões de até 2,5m de altura e Agile-M para portões de até 3 metros de altura e pode ser instalado em portões de até 350 quilos. A novidade da Nice já está no mercado e pode ser adquirida no seu distribuidor Nice de confiança.

*Tempo de abertura para portões até 350 quilos, com folha de 2,30 metros e acionador Agile-S, podendo variar de acordo com peso e estado do portão, além de ajustes de desaceleração.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário